foi adicionado ao carrinho com sucesso.

Aedes Aegypti e a saúde do seu pet

close cao e aedes

Dirofilariose-você-conhece-esta-doença-materia-1080x675Há tempos sabemos que o mosquito Aedes Aegypti transmite a dengue, febre chikungunya e zika vírus. Mas você sabia que, além de se proteger, também tem que tomar muito cuidado com seu animal de estimação? Pois é, esse mosquito pode transmitir uma doença para cães e gatos que pode ser fatal: a Dirofilariose, popularmente conhecida como verme do coração.

Andre Luis Soares, professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul explica que partir do momento em que o mosquito contaminado com a dirofilária pica o cão, o verme é transmitido para o animal. Ao cair na corrente sanguínea, vai direto ao coração, causando danos instantaneamente. O animal infectado chega a abrigar no coração dez larvas ou mais, de até 20 centímetros de comprimento. Este parasita se alimenta dos componentes do sangue, nutrientes e proteínas.

O diretor clínico do Hospital Veterinário de Sorocaba, Mario Henrique Calejo explica que os sintomas em animais e humanos são parecidos: cansaço, perda de peso, falta de ânimo, dificuldade na respiração e abdômen dilatado. Calejo afirma que a Dirofilariose pode provocar ainda insuficiência cardíaca no animal e levá-lo a morte.

Existem tratamentos para a dirofilariose mas os efeitos colaterais são bem agressivos e animais em estado avançado da enfermidade acabam não resistindo. Sendo assim, o melhor a fazer é prevenir a doença com vermífugos que ajam contra os mosquitos transmissores da dirofilariose. Além disso, todo cuidado com água parada! Lembrando:

-Mantenha garrafas e baldes virados para baixo;

-Não deixe entulho no quintal ou nas ruas e varra diariamente a água parada;

-Cubra as caixas d’água, poços ou piscinas e mantenha as calhas de água limpas;

-Coloque terra ou areia nos pratos dos vasos das plantas;

-Mantenha a lata de lixo devidamente tampada e jogue no lixo cascas de coco, latas de refrigerantes, copo plástico, garrafas, embalagens, etc;

-Guarde pneus em locais cobertos, longe da chuva. Faça furos na parte de baixo ou entregue no serviço de limpeza;

-Tampe os ralos pouco usados com um plástico, jogando água sanitária no cano 2 vezes por semana;

-Mantenha o bebedouro de cães, gatos e passarinhos sempre limpo e o aquário fechado.

Todo cuidado é pouco quando o assunto é a saúde dos nossos animais de estimação.

E não se esqueça, castrar é um ato de amor ❤️

 

Comments

comments